Você conhece Finger Lakes?

   Você conhece a região de vinhos Finger Lakes, no estado de Nova York, EUA?

Fonte: www.fingerlakeswinecountry.com

     Laura Winter Falk é presidente do “Experience! The Finger Lakes, LLC”, e Sommelier especialista em vinhos e gastronomia da região. Laura concedeu aos seguidores do Grand Terroir uma entrevista exclusiva e 10% de desconto nos tours de Finger Lakes!

     O Cupom de desconto é GrandTerroir10. O site do Experience! The Finger Lakes é https://experiencefingerlakes.com/

Fonte: Foto de Allison Usavage disponibilizada pela Experience! The Finger Lakes

 

Fonte: Foto de Allison Usavage disponibilizada pela Experience! The Finger Lakes

 

     Segue abaixo a entrevista:

     Talita: “Você poderia nos contar um pouco da sua trajetória? Por que decidiu trabalhar na indústria de vinhos?”

     Laura: “Eu cresci no “Downstate New York”, considerado um subúrbio estendido de Nova York. Eu vim para Ithaca aos 17 anos de idade para frequentar a Universidade de Cornell. Eu não poderia imaginar que esta seria a minha casa por mais de 35 anos! Fiz meu bacharelado, mestrado e doutorado (PhD em Nutrição) pela Univerdade de Cornell. Além disso, sou Sommelier certificada na “Court of Master Sommeliers”, professora adjunta de vinhos na Tompkins Cortland Community College e administradora da Experience! The Finger Lakes. Eu e meu marido começamos a empresa “Experience! The Finger Lakes” em 2007, quando nos demos conta de que ninguém oferecia na região, experiências de curadoria que mostrassem o melhor que a região pode oferecer. A primeira vez que me apaixonei por vinhos foi em uma aula introdutória na Cornell no último ano da faculdade. Quando decidimos abrir a empresa, fez sentido que eu ficasse responsável pelos tours de vinho. Nossos tours incorporaram harmonizações experimentais para demonstrar a magia que acontece quando você combina os sabores e texturas certos. Em 2014, comecei a oferecer experiências de harmonizações fora do contexto dos tours. Dessa forma, pude servir melhor meus clientes, já que eu precisava colocar Finger Lakes no contexto dos vinhos do mundo para que as pessoas entendessem seu “senso de lugar” (terroir) como uma região de vinhos de clima frio. Isso foi quando me tornei Sommelier. Desde então, meu crescimento como profissional de vinho realmente floresceu, pois há infinitas oportunidades de aprender e expandir seu conhecimento. As coisas realmente deram certo para mim quando comecei a ensinar no nível universitário, já que essa era a razão original para obter meu PhD. Sempre me considerei uma educadora, e é ótimo ter um impacto sobre os jovens interessados na indústria do vinho e ajudá-los a se conectar com uma carreira nos Finger Lakes. Hoje, tenho uma equipe fantástica, por isso não preciso mais fazer muitas de nossas excursões regulares, mas é sempre ótimo ver a empolgação aos olhos dos clientes quando eles começam a entender o que está acontecendo aqui na região.”

     Talita: “Você poderia contar um pouco sobre seu livro?”

     Laura: “Minha editora conversou comigo em 2013 sobre escrever um livro que compartilha a riqueza da história de Finger Lakes, e eu imediatamente soube que se eu fosse fazer isso, seria contado pela perspectiva culinária. O livro conta a história da relação entre uma região e as pessoas que vivem aqui, desde os primeiros americanos nativos que se instalaram aqui há milhares de anos. Cada capítulo fala sobre uma determinada era culinária nos Finger Lakes e inclui uma receita que é indicativa daquela era que foi criada por um dos incríveis chefs regionais, e então eu combinei a receita com um vinho que complementa a receita tanto sensorialmente quanto historicamente.”

     Talita: “Existe alguma vinícola orgânica e biodinâmica em Finger Lakes? Como é esse movimento em Finger Lakes?”

     Laura: “Não há nenhuma vinícola orgânica ou biodinâmica certificada nos Finger Lakes, pelo que eu saiba. Como a maioria das vinícolas é pequena e o clima é tão imprevisível, não acredito que investir em certificação tenha feito sentido para as pessoas que estão aqui até hoje. No entanto, eu conheço um grande número de vinícolas e produtores de uva que incorporam princípios orgânicos e biodinâmicos em suas práticas. Eu acho que pode ser mais preciso dizer que os produtores que criam vinho de qualidade aqui nos Finger Lakes seguem práticas sustentáveis para a produção de vinho. Eles se concentram em estar muito conscientes sobre os impactos ambientais de suas práticas de cultivo, e muitos optam por ter uma abordagem minimalista de manipulação na vinícola, deixando a vinha fazer a maior parte da conversa. No entanto, como essa região é formada por tantas pequenas empresas, parte de ser sustentável também está sendo ser economicamente sustentável. Então, eu acho que se você usar qualquer conceito para descrever este movimento nos Finger Lakes, eu diria que é um movimento em direção à criação de vinhos de alta qualidade e sustentabilidade.”

     Talita: “Você diria que a região de Finger Lakes é semelhante às regiões vinícolas alemãs? Por quê?”

     Laura: “De muitas maneiras, sim. Somos uma região de clima frio, que depende de corpos de água para ajudar a moderar as temperaturas frias, estender a estação e limitar os riscos associados ao clima, como geadas e invernos frios. Na Alemanha, são seus rios, aqui nos Finger Lakes, seus lagos profundos. Nós dois plantamos nossas videiras perto da água nas encostas para maximizar a drenagem de ar e água, e os solos têm características semelhantes. Nossos solos contêm muito xisto. A Alemanha, particularmente Mosel, tem solos que contêm ardósia, que é a versão metamorfoseada do xisto. Ambas as regiões enfrentam o mesmo tipo de desafios ao crescimento, mas ambas também aproveitam os benefícios do cultivo de uva de clima frio, produzindo vinhos de bela qualidade de frutas aromáticas, mineralidade e excelente estrutura ácida.”

     Talita: “Ao comparar um Riesling Finger Lakes a um Riesling alemão, por exemplo, na mesma faixa de preço, com o mesmo nível de álcool, há algum aroma ou sabor específico que diz que é um Riesling Finger Lakes?”

     Laura: “Os Finger Lakes estão sendo reconhecidos por belos Rieslings secos. Os melhores são lindamente aromáticos, com frutas de caroço e frutas cítricas, uma mineralidade sedutora, álcool médio e sempre uma acidez que os torna perfeitos para a harmonização de alimentos. Eu acho que os Rieslings de Finger Lakes são alguns dos melhores vinhos para harmonização com alimentos do mundo.”

     Talita: “O que torna os vinhos Finger Lakes especiais para você?”

     Laura: “Para mim, o que destaca nossos vinhos é sua autenticidade. Cada vinho dos produtores de qualidade da região conta uma história; não só do lugar em que é cultivado, mas das pessoas que o produzem. Nossos produtores de vinho de qualidade estão unidos por sua paixão por esta região e mostrando ao mundo o que podemos fazer aqui. Ninguém aqui está nisso pelo dinheiro. Fazemos isso porque amamos o que fazemos e amamos compartilhar isso.”

     Talita: “Qual foi o rótulo mais recente que você provou e gostou?”

     Laura: “A cada temporada, minha equipe e eu saímos para todos os nossos parceiros nos lagos e provamos as safras atuais na sala de degustação para que possamos compartilhar nossas percepções e experiências com os vinhos, e acabamos de fazer isso, então há muitas delas !
Talvez eu destaque alguns dos nossos favoritos durante essas degustações recentes, então você pode escolher!
Aposte nos rótulos: Bet the Farm Winery 2016 Gamay, Sheldrake Point Vineyard 2017 Dry Rose, Shepherdess Cellars 2014 Gewurtztraminer, Ports of New York Red Melleau, any of Silver Thread Vineyard’s 2016 dry rieslings, 2012 Red Newt Cellars Merlot, Damiani Wine Cellars Cabernet Franc (any vintage) , Flatt Rock Cellars 2013 Boulder Blend, Lakewood Vineyards Three Generations Riesling, Barnstormer’s 2017 Sangiovese Rose’, Barry Family Cellars 2016 Cab Franc,Anthony Road Wine Company 2014 Sparking Riesling, Osmote 2014 and Nine Four 2016 Chardonnays, Element 2013 Finger Lakes Pinot Noir, Fox Run Vineyards 2016 Lemberger, and Dr. Konstantin Frank 2012 Blanc de Blancs..
Não há espaço suficiente para listar todos os meus favoritos, mas este é um bom começo!”

     Talita: “O que um turista pode esperar de uma experiência Finger Lakes nas vinhas?”

     Laura: “Quando um hóspede viaja com a Experience! The Finger Lakes, eles vão ter uma experiência de imersão, onde eles vão sair para as vinhas, provar o vinho do barril ou tanque, provar uma lista dos melhores vinhos de cada vinícola, experimentar um alimento especialmente escolhido para harmonizar com um vinho como os queijos locais, chocolates e outros delícias, e desfrutar de almoços com ingredientes de origem local. Tudo isso é feito pelos melhores guias turísticos da região, que compartilharão seus conhecimentos, suas histórias e seu amor pelo Finger Lakes!”

OBS: Hoje o site dos Melhores Destinos publicou promoções de passagens aéreas para Nova York, então dá para aproveitar mais essa 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *